8.4.08

O QUE É, O QUE É?

(Sorriso Maroto)

O que é, o que é?
É abrigo, é abandono
Faz dormir, mas tira o sono.
É tão manso, tão voraz
Causa guerra e cela a paz
É prisão, é liberdade
É romance, é amizade
É encontro, é despedida
A missão maior da vida

O que é, o que é?
Doce, às vezes tão amargo
Moderado, exagerado,
É estranho e tão normal,
Leve brisa ou vendaval,
É deserto, é um oásis,
Um dom de fazer milagre,
Faz cair e levantar,
Faz sorrir e faz chorar,

Na mesma medida pra homem ou mulher
Pra quem acredita e pra quem não tem fé
Quem vai ser feliz em um dia provar
A emoção que é amar

O amor é a resposta
É entrega é aposta
Pode ser rico ou pobre
Um plebeu ou um nobre
É razão, é loucura
É doença, é cura
Seja lá onde for
Na alegria ou na dor
O que vale é o amor.
Ah! Gente, fala sério.. essa música é bonitinha, né? ^^

mtcfreitas    16:19 — Arquivado em: Sem categoria


1.4.08

Um dia de gripe…

Recebi um comentário no meu gigafoto, de um grande amigo virtual…

"Sacanagem essas pessoas no ônibus que não deram um lugar para vc
eles tinham q passar por isso para ver como é bom
espero q vc fique boa logo
beijos"

Isso me fez pensar em alguns pontos de convivência em sociedade… Esqueçam Darwin e Karl Marx, essa é minha teoria, okay?
Contarei minha incrível jornada de 40 minutos em um ônibus lotado, passando mal. A mocinha da minha frente, pegou minha bolsa, para aliviar sua própria consciência. O namorado dela ficava me olhando com cara de pena, mas o celular na mão dele estava mais interessante… Uns dois assentos atrás, um cara me olhava com cara de dó… mas quem disse que aquele senhor (40 anos?) levantou a bundinha gorda dele para me deixar sentar? O fato é que eu fiquei lá, de pé, com as pessoas me olhando com cara de cu. Em pensar que eu sempre levanto numa situação dessas… Pow, desculpa ae se eu tive educação em casa!

Como bonzinho, só se fode…

Depois dessa situação contada… fiquei pensando… O que diabos é aquele assento reservado para obesos? Tipo, nada contra. Achava mesmo que pessoas obesas deveriam se sentir desconfortáveis naqueles micro assentos… Até eu que sou magra (Minha mãe acabou de me dizer: Ual, você enfim aceitou a verdade! ¬¬’ eu me acho gorda mas meio mundo acha que não, enfim..), odeio sentar em assento de lotação, por causa disso.. mas imaginem a minha cara de pau, em me levantar e oferecer o assento à pessoas obesas? E se essa pessoa não se achar obesa? Eu precisaria de um medidor de massa corpórea instantâneo.. oras… Já pensaram, a Quel aqui, levar um tapão, por "inconscientemente" ter chamado uma pessoa de obesa?

Aliás, precisaria também pedir RG dos "idosos", para comprovar a idade deles… Porque, francamente, tem senhoras que acham que por ter um fiozinho de cabelo branco, tem direito ao assento reservado… outras que estão usando aquele puta salto alto de 15 centímetros, com aquele fiozinho branco quase escondido, também tem direito ao assento reservado… Me respondam: Uma senhora que consegue andar com um salto alto de 15 centímetros, precisa de um assento reservado? Eu até chego a levantar algumas vezes, e ofereço o assento à pessoas "visivelmente idosas". Mas imaginem o dia em que uma mulher, vir envocadinha porque a chamei "inconscientemente" de velha?

Ahhhhhhhhhhhhhh! Agora as coisas vão mudar. Não sou adivinha. Não tenho bolinha de cristal.
Vou exigir o RG de "idosos" e uma calculadora que meça altura e peso, para eu saber a massa corpórea das pessoas "obesas".

Sou contra apanhar por uma coisa que a sociedade coloca como "respeite esse direito"… isso é "responsabilidade social".
kasokasokasokasokaokaokaoksaoskoaksoaksokasokasokaoskaokokas

mtcfreitas    15:34 — Arquivado em: Sem categoria


20.3.08

UM DIA DE TPM

Segunda-feira: 17/03/2008
Lá estou eu.. primeirona numa fila para quem vai ficar em pé na lotação, acompanhada da minha irmã.. quando chega a minha vez de subir as escadinhas.. uma moça saiu correndo lá da pqp (não da fila de quem iria sentado) e me sobe os degraus junto comigo… Meteu o bração na minha frente, querendo passar na frente.. fico irritada com a falta de educação de certas pessoas.. ¬¬
Na primeira e única oportunidade que eu tive, por estar mais perto do validador do bilhete único, passei na frente dele o meu. Diz minha irmã que ela fez cara de bunda.. eu não duvido muito, sabe?
Fui pro final da lotação e um moço com cara de mexicano, perguntou se eu queria que segurasse minha mala.. (claaaaaaaaaro, é elementar que eu aceitei.. não fui treinada para negar a educação das pessoas)..
Veio a mesma moça e "Brumm" empurrou meu braço para ela passar.. Maluco.. que ódio daquela fdp.. o moço até olhou torto para ela..
Tentando detalhar, tinha os ferros para segurar mais perto dela, do que perto de mim.. ou eu me segurava no moço, ou no ferrinho do lado.. onde a mulher fez questão de pôr a mãozona.. meu sangue subiu.. Essa mulher deve estar de tpm, pensei.
Meu celular tocou, era meu pai. Falei no celular, parecendo skatista.. foi bizarro.. até que finalmente o celular dela também tocou.. nesse momento, Deus foi generoso comigo.. Ela largou o ferrinho.. Uhulll.. eu já tinha onde segurar.. Ela desligou o celular… E não é que queria competir o ferrinho? O que aquela mulher tinha, mew? Que criancisse.. aff.. Deixei um espacinho para ela segurar, porque eu também sou boazinha, quando eu quero.. QUANDO EU QUERO.
Enfim, um lugar surgiu para ela sentar.. Na lotação é assim, 5 cadeiras juntas lá no fundão.. ela sentou na segunda.. Detalhe, a mulher que estava sentada lá primeiro, quase não conseguia sair de lá.. essa moça voou para cima do assento. (Que coisa mais ridícula!).. Até olhei para trás, e alfinetei para a minha irmã: Será que sentada, a tpm dela cura?
Enfim, abriu um lugar para eu sentar..bem no meio. Do lado de quem? Dela e de um cara imensamente gordo. ¬¬’ Fui numa boa.. Aquela vaca não arredou o ombro, fiquei parecendo mais magra do que já sou, de tão exprimida que fiquei, visto que a coisinha até de perna aberta ficou para me provocar..
Segurei a bolsa da minha irmã mais a minha, no colo.. acabei dando uma cotovelada no braço da moça, mas era inevitável.. hora ou outra isso aconteceria..
Abriu mais um lugar.. dessa vez do lado da janela.. ela se aconchegou lá.. minha irmã sentou entre eu e ela.. (eu deixei, bem dizer)..
Cochichei: Sô, reza para que ela desça depois da gente.. se não eu falo para ela, quando estiver descendo: "Isso.. vai pra casa curar a tpm!".. Minha irmã me recriminou dizendo que isso era desnecessário.. POw.. desnecessário? Como assim??? Caralhooo.. fiquei uma pilha.. mas levei numa boa o comentário (contraditório, eu sei..).. Enfim.. último ponto da Avenida, no próximo eu desceria.. e não é que a moça ficou?
Olhei para minha irmã: Pow, vc rezou mesmo, heim.. kasoaksokasokas (ela tb riu).
Prometi que não deixaria barato, que quando eu descesse, eu falaria do mesmo jeito.. minha irmã me chamou de barraqueira.. e ainda tirou sarro… td bem.. aguentei.. rs estava engraçado.. aksoaksoaksokas
Meu ponto, descendo as escadas, solto alto:
"Vê se cura a TPM, viu?".. A porta da lotação fechou. Olhei para janela, dei uma risadinha lateral.. kasokasokasokasokasokaoskaoks A mulher me mostrou o dedo do meio.. kasokaoskaoskaoska Nem me estressei… consegui o que queria.. ùhÚ
E a lotação se foi.

mtcfreitas    2:33 — Arquivado em: Sem categoria


17.3.08

ღಌVICIADA EM NARUTOಌღ

Quem assiste Naruto, consegue me entender.
Não é puramente apenas mais um anime.. Eu não sei o que esse Masashi Kishimoto fez ou que tipo de mensagem subliminar ele colocou nas histórinhas, mas o seu mangá virou febre. Eu, com meus 20 anos de idade, sou viciada. Admito, sem pudor! Espero todo maldito sábado para assistir um novo episódio do Naruto Shippuden. O último que assisti, foi o epi.ship.50 - que fique registrado. Tenho alguns mangás até e leio uns outros baixados pela internet…
Minha irmã até acha estranho que eu goste tanto de Naruto, porque nunca fui do tipo que se viciava em algum tipo de desenho.. mas não.. o Naruto não é qualquer anime.. tem história, tem conteúdo, tem uma luta constante com a aceitação, com a exclusão… Deve ser por eu me identificar tanto com o Naruto, que eu goste tanto do Anime/Mangá! Acho que é um desenho que retrata muito o que acontece na sociedade em geral.. na escola, principalmente, que.. querendo ou não, é a minha área…
Para vocês terem um idéia do meu vício… além de ficar ansiosa esperando o sábado chegar, para assistir mais um episódio, eu já desenhei o Naruto e Hinata, tô montando um site e fazendo uma fanfic.. kasokasokaoskaoskoaksokas
Deu para sentir um pouco, né? Seria inteiramente interessante se, nesse exato momento estivesse passando o desenho no sbt… mas nem tudo é coincidência… rs Mas será que se eu dissesse que minha mãe acorda eu e minha irmã, na hora que o Naruto vai começar, vocês acreditariam?? hahaha…
O desenho do Naruto é muito bom! E o meu site também:
www.hajimenaruto.rg3.net Agradeceria muito se visitassem-no.. ainda está em construção… e só os dois primeiros botões estão funcionando.. somado com o do "Contato"… mas já dá para vocês verem um pouco da minha fic.. ^^
ai ai.. Dá licença que agora eu vou adiantar um pouco o andamento do site e da fic "Descontrole"..
Abraços pessoal… e lembrem-se: Datte Bayo!
mtcfreitas    16:01 — Arquivado em: Sem categoria


21.2.08

O JEITO É ACREDITAR

Já esperei.
Já iludi.
Já pequei.
Já pedi perdão.
Já procurei.
Não encontrei.
Já gritei.
Já calei.
Já fiz tudo que podia.
O jeito agora é acreditar.

mtcfreitas    3:09 — Arquivado em: Sem categoria


24.12.07

NATAL

Minha mãe curvou-se para me levantar:
Olha o presépio, filho, é Natal.
Havia uma grutinha com gentes e animais;
Ficava no alto de uns grandes degraus.
Eu entendia tudo do pequeno altar:
Três reis traziam presentes porque era Natal.
Uma estrela pendurada era para fazer sinais.
E dentro, um bebezinho sério… porque era Deus.
Só não compreendi porque Jesus
Quis vir ao mundo em forma de menino.
Podia vir já grande, como o meu pai.
Ou mesmo um anjo em luz ao som de um hino.
Tantos Natais já se passaram,
Tantos presentes já ganharam
Tantos presépios já fizeram,
Tantas crianças já nasceram.
Os degraus não mais são grandes,
As estrelas não mostram caminhos,
Os reis não dão presentes…
… Mas um bebê sorri abrindo os bracinhos!
Eu me curvei pra levantar
Com muito amor o pequenino.
Somente então compreendi porque
Jesus quis vir em forma de menino.
mtcfreitas    17:31 — Arquivado em: Sem categoria


26.11.07

HIATUS CRIATIVO

… O.o’

mtcfreitas    23:35 — Arquivado em: Sem categoria


8.11.07

MULHER, SUA ORIGEM E SEU FIM

Existem várias lendas sobre a origem da Mulher. Uma diz que Deus pôs o primeiro homem a dormir, inaugurando assim a anestesia geral, tirou uma de suas costelas e com ela fez a primeira mulher. E que a primeira provação de Eva foi cuidar de Adão e agüentar o seu mau humor enquanto ele convalescia da operação. Uma variante desta lenda diz que Deus, com seu prazo para a Criação estourado, fez o homem às pressas, pensando "Depois eu melhoro", e mais tarde, com o tempo, fez um homem mais bem-acabado, que chamou mulher, que é "melhor" em aramaico.
Outra lenda diz que Deus fez a mulher primeiro, e caprichou nas suas formas, e aparou aqui e tirou dali, e com o que sobrou fez o homem só para não jogar barro fora. Zeus teria arrancado a mulher de sua própria cabeça. Alguns povos nórdicos cultivam o mito da Grande Ursa Olga, origem de todas as mulheres do mundo, o que explica o fato das mulheres se enrolarem periodicamente em pêlos de animais, cedendo a um incontrolável impulso atávico, nem que seja só para experimentar, na loja, e depois quase desmaiar com o preço. Em certas tribos nômades do Meio Oriente ainda se acredita que a mulher foi, originariamente, um camelo, que na ânsia de servir seu mestre de todas as maneiras foi se transformando até adquirir sua forma atual. No Extremo Oriente existe a lenda de que as mulheres caem do céu, já de kimono. E em certas partes do Ocidente persiste a crença de que mulher se compra através dos classificados, podendo-se escolher idade, cor da pele e tipo de massagem.
Todas estas lendas, claro, têm pouco a ver com a verdade científica.
Hoje se sabe que o Homem é o produto de um processo evolutivo que começou com a primeira ameba a sair do mar primevo, e é o descendente direto de uma linha específica de primatas, tendo passado por várias fases até atingir o seu estágio atual - e aí encontrar a Mulher, que ninguém ainda sabe de onde veio. É certamente ridículo pensar que as mulheres também descendem de macacos. A minha mãe, não!
Uma das teses mais aceitáveis sobre o papel da mulher na evolução do homem é a de que o primeiro encontro entre os dois se deu no período paleolítico, quando um homo-sapiens mas não muito, chamado, possivelmente, Ugh, saiu para caçar e avistou, sentado numa pedra penteando os cabelos, um ser que lhe provocou o seguinte pensamento, em linguagem de hoje:
"Isso é que é mulher e não aquilo que tenho na caverna".
Ugh aproximou-se da mulher e, naquele seu jeitão, deu a entender que queria procriar com ela. "Agh maakgrom grom", ou coisa parecida. A mulher olhou-o de cima a baixo e desatou a rir. É preciso lembrar que Ugh, embora fosse até bem apessoado pelos padrões da época, era pouco mais do que um animal aos olhos da mulher. Tinha a testa estreita e as mandíbulas pronunciadas e usava gordura de mamute nos cabelos. A mulher disse alguma coisa como "Você não se enxerga, não?" e afastou-se, enojada, deixando Ugh desolado. Antes dela desaparecer por completo, Ugh ainda gritou "Espera uns 10 mil anos pra você ver!", e de volta à caverna exortou seus companheiros a aprimorarem o processo evolutivo.
Desde então, o objetivo da evolução do homem foi o de proporcionar um par à altura para a mulher, para que, vendo o casal, ninguém dissesse que ela só saía com ele pelo dinheiro, ou para espantar assaltantes. Se não fosse por aquele encontro fortuito em alguma planície do mundo primitivo, o homem ainda seria o mesmo troglodita desleixado e sem ambição, interessado apenas em caçar e catar seus piolhos, e um fracasso social.
Mas de onde veio a primeira mulher, já que podemos descartar tanto a evolução quanto as fantasias religiosas e mitológicas sobre a criação?
Inclino-me para a tese da origem extraterrena. A mulher viria (isto é pura especulação, claro) de outro planeta. Venho observando-as durante anos - inclusive casei com uma, para poder estudá-las mais de perto - e julgo ter colecionado provas irrefutáveis de que elas não são deste mundo. Observei que elas não têm os mesmos instintos que nós, e volta e meia são surpreendidas em devaneio, como que captando ordens de outra galáxia, embora disfarcem e digam que só estavam pensando no jantar. Têm uma lógica completamente diferente da nossa. Ultimamente têm tentado dissimular sua peculiaridade, assumindo atitudes masculinas e fazendo coisas - como dirigir grandes empresas e xingar a mãe do motorista ao lado - impensáveis há alguns anos, o que só aumenta a suspeita de que se
trata de uma estratégia para camuflar nossas diferenças, que estavam começando a dar na vista.
Quando comentamos o fato, nos acusam de ser machistas, presos a preconceitos e incapazes de reconhecer seus direitos, ou então roçam a nossa nuca com o nariz, dizendo coisas como "ioink, ioink" que nos deixam arrepiados e sem argumentos. Claramente combinaram isto. Estão sempre combinando maneiras novas de impedir que se descubra que são alienígenas e têm desígnios próprios para a nossa terra. É o que fazem quando vão, todas juntas, ao banheiro, sabendo que não podemos ir atrás para ouvir. Muitas vezes, mesmo na nossa presença, falam uma linguagem incompreensível que só elas entendem, obviamente um código para transmitir instruções do Planeta Mãe. E têm seus golpes baixos. Seus truques covardes. Seus olhos laser, claros ou profundamente escuros,
suas bocas. Meu Deus, algumas até sardas no nariz. Seus seios, aqueles mísseis inteligentes. Aquela curva suave da coxa quando está chegando no quadril, e a Convenção de Genebra não vê isso! E as armas químicas - perfumes, loções, cremes. São de uma civilização superior, o que podem nossos tacapes contra os seus exércitos de encantos?
Breve dominarão o mundo. Breve saberemos o que elas querem. Se depois de sair este artigo eu for encontrado morto com sinais de ter sido carinhosamente asfixiado, como um sorriso, minha tese está certa. Se nada me acontecer, é sinal de que a tese está certa, mas elas não temem mais o desmascaramento. O que elas querem, afinal? Se a mulher realmente veio ao mundo para inspirar o homem a melhorar e ser digno dela, pode ter chegado à conclusão de que falhou, que este velho guerreiro nunca tomará jeito. Continuaremos a ser mulheres com defeito, uma experiência menor num planeta inferior. O que sugere a possibilidade de que, assim como veio, a mulher está pronta a partir, desiludida conosco. E se for isso que elas conspiram nos banheiros? A retirada?
Seríamos abandonados à nossa própria estupidez. Elas levariam as suas filhas e nos deixariam com caras de Ugh. Posso ver o fim da nossa espécie. Nossos melhores cientistas abandonando tudo e se dedicando a intermináveis testes com a costela, depois de desistir da mulher sintética. Tentando recriar a mágica da criação. Uma mulher, qualquer mulher, de qualquer jeito. Prometemos que desta vez não as decepcionaremos.
Uma mulher!
Como é que se faz uma mulher?

(Por: Luiz Fernando Veríssimo)

mtcfreitas    12:55 — Arquivado em: Sem categoria


7.11.07

SEM TESÃO NÃO HÁ SOLUÇÃO! Rs

Acalmem! Não se assustem!

Como diria um amigo: "Sem tesão não há solução!"… "Tudo na vida tem que ser feito com tesão"… "Sem tesão a humanidade não progrediria!".
Mas o que é "TESÃO"?
Vamos ao dicionário: Não há definição, pois é uma palavra informal. Mas, e se eu recorresse ao site Google e procurasse por um dicionário informal?
Obteria isso: "Excitação sexual. Vontade de fazer sexo."
Eu diria que é uma vontade. Uma vontade se ter um prazer. E não apenas no plano sexual. De todo modo, se esse tesão é caracterizado pela vontade, o prazer seria caracterizado pelo gozo. E é aí que a gente percebe o quão pobre de espírito a sociedade é: Se jogássemos a frase “tesão por gozar”, muitas senhoras de guarda-chuva bateriam em nós, muitas olhariam torto e diriam que não tivemos educação, o sexo oposto acharia que estaríamos flertando com ele, etc. Por que as pessoas insistem em achar que tudo tem a obrigação de ter uma relação com o Sexo? Mal conhecem Freud e já começam a achar que estão psicanalisando.
Em um de meus textos, disse uma vez que a humanidade deu valor a valores errôneos. E não é que eu estava certa? Talvez, até, eu esteja me desprendendo de um deles ao pensar uma coisa como essa. Claro que precisei de uma ajudinha do meu amigo Helmut, que me disse essas frases com as quais comecei minha filosofia e intitulei meu texto, mas se não fosse minha imaginação, esse texto não teria chegado em um papel.
Voltando ao exemplo, ao invés de a humanidade entender que “tesão por gozar” é “vontade pelo prazer” e que isso não, necessariamente, tem a ver com SEXO, ela insiste em aceitar aquilo que já está posto, aquilo que a sociedade, conforme toda a transformação de valores, impôs. Acho que já se tornou tão comum o fato de estupradores “maníacos do parque” estar se multiplicando, que a maioria das pessoas mal conseguem olhar para coisas como elas, realmente, são.
Tesão não é só vontade, é arrepio, é atração. É o simples fato de querer. De estar perto. Não, precisamente, querer fazer sexo. É vontade, sim. Vontade de ter, de ser, de estar, de querer, de fazer acontecer. Vontade de realizar um sonho, de passar no vestibular, de querer estar com alguém. Também é sentir calafrio, batidas do coração, e por que não, uma paixão arrebatadora?
Gozar não é só ter orgasmos, é sentir prazer. E a gente sente prazer quando conseguimos realizar algo que queríamos fazer, ou que nos empenhamos para conseguir. Um objetivo alcançado, uma prova bem feita, um livro lido até o fim com emoção. Tudo isso é gozar. Gozar a vida é aproveitar, é desfrutar tudo o que a vida tem a oferecer, ou mesmo desfrutar o pouco, mas com vontade. Também é zombar ou, simplesmente, achar graça.
Imaginem, pois, se não houvesse o Tesão (Vontade) ou o Gozo (Prazer)… Seguindo por onde iniciei esse texto, se ninguém tivesse tido vontade uma vez na vida, não teríamos nunca encontrado o prazer, afinal.. Nem sempre “querer, é poder”!

mtcfreitas    3:11 — Arquivado em: Sem categoria


28.10.07

EU NUNCA AMEI ASSIM…

(Jeito Moleque)

Melhor a gente se entender
E o que tiver que acontecer
Que dessa vez seja pra sempre
Pra que brincar de se esconder
Se o amor tocou eu e você
De um jeito assim tão diferente
Porque você não fica comigo
E deixa o meu amor te levar
Solidão à dois é um castigo
Sem essa de querer complicar

Nosso amor é tão lindo…
E eu só penso em você (nossa paixão)
Mas o que eu tô sentindo…
Você finge que não vê (a solidão)
Nosso amor é tão lindo…
E você longe de mim
Eu nunca amei assim
Eu nunca amei assim

Vem cá me deixa te tocar
Dormir à luz do seu olhar
E te falar meus sentimentos
Deixa o ciúme pra depois
O amor tem planos pra nós dois
Você mudou meus pensamentos

Porque você não fica comigo
E deixa o meu amor te levar
Solidão à dois é um castigo
Sem essa de querer complicar
Nosso amor é tão lindo…
E eu só penso em você (nossa paixão)
Mas o que eu tô sentindo…
Você finge que não vê (a solidão)
Nosso amor é tão lindo…
E você longe de mim
Eu nunca amei assim
Eu nunca amei assim

mtcfreitas    12:42 — Arquivado em: Sem categoria
Posts mais antigos »


Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://jeitodeser.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.